Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sem Querer Quero

Quem está em primeiro lugar?

Já não coloco ninguém em primeiro lugar - a não ser a mim mesma. Antes (ou melhor durante toda a minha vida) as alegrias dos outros estavam primeiro do que as minhas, as tristezas dos outros eram serenadas mal havia possibilidade e, eu deixava tudo para trás, pelos outros.
Hoje não! Muitos foram aqueles a quem estendi a mão e pouco tempo depois fiquei sozinha! Muitos foram aqueles que pediram perdão e, mal se esqueceram do sucedido, voltaram a meter a pata na poça, não uma nem duas mas várias vezes. Porque eu o permitia, claro. Era ver toda a gente feliz e contente e eu desamparada, infeliz de tanto dar aos outros e já não sobrar nada para mim. Por essa razão não acredito naquela célebre frase: "Na vida cada um recebe de acordo com o que dá. Se você der ódio, estupidez e indiferença, há de recebê-los de volta em igual medida e proporção. Mas se der atenção, respeito e carinho, há de ver-se cercado de afeto, consideração e amor. Nossas ações determinam o que merecemos receber. No final, a nossa realidade não passa de um reflexo daquilo que oferecemos para aqueles que caminham connosco".

Não acredito! Mantenho o respeito por todos, desejo-lhes nada mais do que o melhor mas...eu estou primeiro! Já não cobro, já nada peço, já não reclamo. Quem quiser que me dê aquilo que acha que me deve dar.
"Ah, mas por fazeres tudo o que podias pelos outros não deves esperar que te façam o mesmo. Quem faz porque quer não deve exigir nada em troca" pois, eu não sou nada assim...claro que se dou atenção também gosto de a receber! Quem não gosta?! E, claro que, se faço o melhor que posso pelos outros também desejo que façam o mesmo comigo.

Continuo a dar afecto, consideração, atenção aos outros, mas, primeiro está o meu bem estar - e olhem que demorei muito a chegar aqui!