Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sem Querer Quero

Estado de sobrevivência...

Chegando ao meu limite, como já tinha referido aqui, pedi então ajuda. E o meu limite não se trata simplesmente de estar muito exausta a nível físico mas, mais importante que isso, trata-se de ter a minha parte emocional e psíquica completamente arrebentada. Acreditem que eu aguento bastante, sou persistente, mas...cheguei ao limite daquilo que consigo aguentar sozinha. Procurei um psicoterapeuta.

Ele tem sido o amigo que eu precisava. Mas, foi franco comigo: não consigo ajudar-te emocionalmente enquanto não te tirar do estado de sobrevivência em que vives. É duro, mas está a fazer tudo o que pode (acredito) para me ajudar...

6 comentários

Comentar post